FACAS DE MERGULHO

Você já tem uma faca de Mergulho? Se ainda não adquiriu uma, sabe qual é a melhor para o seu perfil? Pois é, são tantas opções que a escolha acaba ficando um pouco complexa. E exatamente porque eu mesma me deparei com essa dificuldade, que resolvi compartilhar, o que aprendi a respeito desse importante equipamento de mergulho. 

Por Cristina Paredes

Já vou começando por uma confissão: eu nunca tinha pensando seriamente em ter uma faca de mergulho até pouco tempo atrás. Na minha cabeça, eu nunca me colocaria em risco a ponto de necessitar de uma (me enroscar em algo, por exemplo) ou, na pior das hipóteses, sempre existiria alguém próximo que teria uma para me auxiliar. Também assisto os vídeos de salvamento de baleias e golfinhos enroscados em redes de pesca, mas com plena consciência de que, longe de ser uma Lara Croft, essa missão importante, porém muito arriscada, só pode ser realizada por gente mais gabaritada do que eu.

 

A verdade é que eu não estava errada de pensar assim, até que com o passar dos anos e adquirindo uma certa experiência em mergulhos, percebi que não se tratava apenas de mim, mas que alguma situação até mais simples poderia ocorrer, e eu não teria o equipamento para resolver. Em outras palavras, eu posso até não me enroscar em nada, mas e se alguém do meu grupo se prender em algo? E se o animal marinho for pequeno e eu, uma mulher comum, possa fazer a diferença e libertá-lo?

 

Foi quando eu decidi que tinha chegado a hora de adquirir a minha faca de mergulho e aí descobri que, são tantas as opções existentes, que chegam até a confundir. Qual eu deveria comprar? Resolvi estudar a respeito para decidir  pela que melhor se adequasse a minha necessidade e habilidades pessoais, e esse aprendizado está sendo repassado para o blog,  a fim de auxiliar outros tantos que, assim como eu, não sabem por onde começar ou até como cuidar de sua faca depois.

Antes de falar dos modelos de facas, um pequeno parêntese para abordar os tipos de lâminas:

  • Lâmina Serrilhada – para limpar escama de peixe (acho que nunca vou usar esse lado rs)
  • Corta Cabo – é um espaço aberto e recuado na própria lâmina, como se fosse um pequeno “V”, onde se encaixa o cabo para efetuar o corte com mais facilidade
  • Lâmina Lisa com fio de corte

Faca de Colete

Se você nunca teve uma faca e pensa em ter uma, a recomendação é comprar a mais básica e com lâmina menor, ou seja, até 8cm e de inox. Também é importante que ela seja de fácil acesso, em caso de necessidade. Existe nas versões com ponta ou ponta cega. A faca com ponta cega proporciona uma segurança maior ao mergulhador, mesmo porque embaixo da água, nossas percepções de distância são diferentes e durante o manuseio, podemos nos cortar ou cortar o equipamento sem perceber.  

A faca de colete pode ter diferentes configurações para fixação:

  • o clipe da bainha da faca pode ser preso no bolso externo do colete;
  • alguns modelos vem com suporte para encaixar na mangueira de traqueia;
  • algumas bainhas vem com parafusos de fixação para locais apropriados (aí vai depender do modelo do seu colete).

A faca de colete também é muito utilizada e conhecida como faca back-up

Faca Z

Essa faca é utilizada apenas para cortes de cabos e redes, podendo ter a lâmina em cerâmica que é mais leve, ou a de inox que é um pouco mais pesada. Dependendo do modelo escolhido, pode possuir corte de 1 lado apenas, ou dos 2 lados. Para segurá-la, o mergulhador tem a opção de encaixe apropriado para um dedo, e são de menor tamanho. Também vem com uma bainha para encaixe em vários pontos do Colete ou Asa de Mergulho. O modelo maior, vem com empunhadura, facilitando o manuseio, principalmente quando o mergulhador estiver de luvas. Esse modelo de faca é muito apreciado por mergulhadores de resgaste, cavernas e tec.

Lâmina Simples

Com Empunhadura

Lâmina Dupla

Faca de Mergulho Tradicional

As facas de mergulho tradicionais, são maiores e tem lâminas de até 12cm. Podem vir na opção de lâmina de inox, que pesará aproximadamente 300gr ou a versão titânio de metade do peso. Independente da que você escolher, ela virá com bainha de termoplástico com 2 cintas de borracha para serem presas na perna do mergulhador. Na maioria delas, você encontrará a lâmina lisa, serrilhada, corta cabo e um pequeno martelete na ponta do cabo, que serve para quebrar pequenos objetos. O martelete serve também para chamar a atenção do dupla, pois você pode utilizá-lo para bater levemente no cilindro e produzir aquele famoso som de “botijão de gás”. A maioria dessas facas desmontam a lâmina do cabo para uma limpeza mais profunda, existindo versões com ponta ou ponta cega.

Faca de Caça Sub

Essa faca é com ponta de agulha, ou seja, bem mais pontiaguda que as demais.  Ela também é confeccionada com lâmina lisa, serrilhada e corta cabo. Seu inox, porém, é bem mais resistente e sua empunhadura é mais anatômica. O seu estojo é com aba de liberação rápida, que pode ser manuseada apenas com uma mão. Suas correias são confeccionadas em borracha para fixação na perna.

Faca Tesoura

Essa faca é bem interessante e diferente das demais, pois funciona como faca e, como o próprio nome diz, vira também uma pequena tesoura. Funciona da seguinte maneira: uma vez travado o seu cabo, ela será apenas uma faca. Já quando o cabo é destravado, a versão de uma pequena tesoura será apresentada. Assim como as demais, vem com a bainha e as tiras de perna, e é encontrada com lâmina lisa e serrilhada, com corta cabo, tesoura, e algumas até com o martelete. Ela possui o mesmo inox resistente da faca de caça.

Faca Dobrável

A faca dobrável de mergulho é estilo canivete. Também utilizada como faca de colete, pode ser pendurada ou guardada nos bolsos. Pequena e compacta, possui lâmina com ponta ou ponta cega, lisa e serrilhada, e alguns modelos também vem com corta cabo.

Cuidados com a Faca

Como todo o equipamento de mergulho, a faca também requer cuidados especiais. Sempre após o uso, é necessário deixá-la em água doce por algumas horas. Secá-la bem depois e passar uma camada fina de silicone apropriado. Os mais indicados são os silicones que não agridem o meio-ambiente, sejam atóxicos e não diluam na água, suportando altas temperaturas. Com essas atribuições, você nem precisa retirar o silicone da faca quando for mergulhar novamente, pois como falado, ele além de proteger o seu equipamento, não fará nenhum dano a vida marinha.

É importante enfatizar 2 pontos:

  • Nem todos os pontos de mergulho permitem que o mergulhador desça com facas, isso porque, ao contrário do meu desejo “nobre” de ter uma disponível, algumas pessoas mal-intencionadas a utilizam para coletar “souvenires” dos pontos de mergulho.
  • A utilização desse tipo de equipamento requer treinamento adequado.

Identificou a faca que é perfeita para você? No site da Abud Dive você encontra quase todas as facas descritas, assim como o silicone para conservá-la por muitos e muitos anos. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe isso:

WhatsApp chat