Raia Manteiga

dasyatis americana

Não é difícil encontrarmos uma raia manteiga em nossos mergulhos, mas nem por isso sua visualização tem menos interesse de nossa parte. Seja deitada no fundo da areia ou majestosamente “voando”, nós mergulhadores sempre comemoramos quando visualizamos alguma e prontamente mostramos a todos os demais o nosso achado.

Apesar da raia possuir uma cauda com uma farpa serrilhada e coberta de um muco venenoso na ponta, sabemos que ele só será utilizado em caso de autodefesa. Como sempre enfatizo aqui, mantenha uma distância segura e respeite o animal (nunca o toque), assim ela não o verá como uma ameaça.

A raia manteiga é de fácil identificação: possui corpo achatado e em forma de diamante, sendo que na parte superior pode ser na cor marrom-oliva e verde quando adulta, ou cinza-escuro quando jovem. Nas duas situações a parte inferior é predominantemente branca. As barbatanas peitorais em forma de asa são usadas para impulsionar a arraia através do fundo do oceano. Os olhos estão situados no topo da raia, junto com pequenas aberturas chamadas espiráculos. A localização dos espiráculos permite que a arraia absorva água enquanto está deitado no fundo do mar ou quando parcialmente enterrada em sedimentos. A água entra nos espiráculos e sai pelas aberturas das guelras, contornando a boca que fica do lado de baixo. 

Controle de Flutuabilidade

CONTROLE DE FLUTUABILIDADE Acredito que muitos irão se identificar com a minha divertida narrativa, a respeito da dificuldade que enfrentei no controle de minha  flutuabilidade

Facas de Mergulho

FACAS DE MERGULHO Você já tem uma faca de Mergulho? Se ainda não adquiriu uma, sabe qual é a melhor para o seu perfil? Pois

Compartilhe isso:

WhatsApp chat